Assinatura RSS

Nota de apoio da FEASP ao Movimento Pra cuidar da Profissão

Publicado em
Nota de apoio da FEASP ao Movimento Pra cuidar da Profissão

A Frente Estadual Antimanicomial de São Paulo – FEASP vem à público desta nota declarar seu apoio ao Movimento Pra Cuidar da Profissão em suas candidaturas para o Sistema Conselhos de Psicologia. Em seu percurso histórico o movimento fez representações nas diversas lutas sociais, com postura ética e em consonância com um projeto de sociedade democrático que dialoga com os interesses da população e da sua categoria.

Em especial na luta antimanicomial, onde muitos atores fizeram a resistência em seus diversos campos, o Cuidar atuou na defesa intransigente dos direitos da pessoa humana e do cuidado em liberdade, em parceria na formação de ideias e nas construções coletivas. A luta antimanicomial, em sua radicalidade, empenha-se na transformação social de forma que seja possível sustentar as diferenças sem que as estruturas manicomiais, físicas ou mentais, destruam nossa liberdade e nossa diversidade.  Desta forma e através da direção que o primeiro documento escrito aponta em maio de 1996,  “Cuidar da Profissão significa exatamente o engajamento radical na luta pela expansão dos serviços públicos e na defesa dos direitos de cidadania”. A FEASP legitima sua campanha e reconhece o movimento comprometido com os ideais da luta antimanicomial e suas atuais frentes de batalha.

 Por uma sociedade sem manicômios!

 Por uma democracia antimanicomial!

 #VoteChapa23noCFP

#VoteChapa12noCRPSP

Frente Estadual Antimanicomial – FEASP

Anúncios

Sobre antimanicomialsp

A Frente Estadual Antimanicomial de São Paulo surgiu do processo de organização da IV Conferencia de Saúde Mental - Intersetorial etapa São Paulo. Onde diversas organização, movimentos, entidades e militantes se uniram e realizaram a Plenária Estadual de Saúde Mental (diante da não convocação por parte do Governo do Estado de São Paulo). A idéia da Frente surgiu dessa experiência de organização da IV Conferência e também diante da conjuntura de rearticulação do setor manicomial e de ataque as conquistas do Sistema Único de Saúde, que exige atividades unificadas entre os mais diversos movimentos e organizações antimanicomiais. Visando aglutinar forças para defender a Reforma Psiquiátrica Antimanicomial e o SUS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: