Assinatura RSS

Cadelinha de ‘lorde’ inglês vive em suíte exclusiva no Copacabana Palace

Publicado em

Cadelinha de ‘lorde’ inglês vive em suíte exclusiva no Copacabana Palace

Fonte: Folha de S. Paulo

CRISTINA GRILLO
DO RIO

30/04/2014  02h00

Há nove meses ela tem um endereço que é para poucos: uma suíte de 70 metros quadrados no prédio anexo do Copacabana Palace.

Ali, a inglesa Lady Bella, 11, conquistou privilégios que nenhum outro hóspede do hotel tem direito.

Ela é a única a ser convidada para dormir, dia sim, dia não, na cama da diretora-geral do hotel, Andrea Natal. Sempre que está cansada, ganha colinho dos funcionários.

Lady Copa

Fotógrafo: Daniel Marenco/Folhapress

Benjamin Bowen, 39, “pai” da cadelinha, paga o quarto para que a cadelinha não sinta falta de casa
 
Lady Bella é uma cadelinha branca, da raça bichon frisé -muitas vezes confundida com poodles, mas, dizem os especialistas, mais inteligentes e comportados.

A diária de uma suíte nessa parte do hotel custa no mínimo R$ 1.500. Mais exclusivo que a ala em que ela se hospeda, só mesmo o prédio principal, de frente para o mar.

Lady Bella tem funcionários do Copacabana Palace à sua disposição 24 horas por dia, seja para levá-la para uma caminhada ou uma leve corridinha pela praia.

São eles também que lhe fazem companhia quando seu “pai”, o inglês Benjamin Bowen, 39, conhecido no hotel como lorde Bowen, está em uma de suas viagens.

Desde julho do ano passado, Bowen vive no “Copa”. O inglês decidiu passar um período sabático no Rio, longe de seus negócios, acompanhado apenas da “filha”.

Nos últimos meses, porém, precisou fazer algumas viagens. Atualmente, está há quase um mês fora do hotel.

Para minimizar o impacto de suas ausências, ele mantem a suíte para que Bella não sinta falta de uma casa. Conta com a equipe do “Copa” para cuidar da cadelinha.

PET, PRAIA E MIMOS

“Levamos ao pet shop para banho e cuidados uma vez por semana e ela volta linda, parece um pompom”, explica Andrea Natal, diretora-geral do Copacabana Palace.

As fotos para esta reportagem foram marcadas para as 10h, sem atrasos, porque às 11h, ela tinha consulta com seu veterinário carioca –levada, é claro, por funcionários.

Os dias dessa bichon frisé são passados nos escritórios do hotel, com alguns intervalos para passeios na praia. Apesar de ser moradora vip, Bella só pode circular pelas áreas comuns no colo de alguém, para evitar reclamações de hóspedes.

Há outras restrições. Por ordem do lorde, a Lady não pode aproveitar as delícias dos restaurantes do “Copa”, como o italiano Cipriani ou o asiático Mee. “Ela come ração seca pela manhã e úmida à noite”, explica Andrea.

A diretora-geral se afeiçoou tanto a ela que a leva, em dias alternados, para dormir em sua suíte. Nas noites em que fica em sua própria “casa”, Bella é acompanhada por um funcionário.

O hotel costuma receber hóspedes com seus bichinhos, mas é a primeira vez que um deles fica sozinho.

“O problema é que ela está ficando muito mimada. Com lorde Bowen ela se comporta como uma lady, mas está sendo tão paparicada a que agora até late se alguém demora para atender seus desejos”, afirma Andréa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: