Assinatura RSS

Seminário traz Mujica e Lugo a Santo André em maio

Publicado em

Seminário traz Mujica e Lugo a Santo André em maio

25/04/2014 , by Redação

Evento “Ditaduras no Cone Sul – 50 Anos Depois” pretende informar os jovens sobre as ditaduras no continente

Por Redação

As prefeituras de Santo André e de São Bernardo do Campo e o Centro de Memória do Grande ABC promovem um seminário sobre as ditaduras no Cone Sul, na esteira dos 50 anos do golpe militar que instalou 21 anos de governos militares no Brasil. Representantes de todos os países do Cone Sul estarão presentes para falar sobre o passado, revelar fatos ainda não divulgados e fortalecer a luta para a democratização destes países. O seminário será nos dias 9, 10 e 11 de maio no Teatro Municipal de Santo André.

Um dos principais objetivos do evento – que conta com apoio de sindicatos da região – é levar a informação sobre os fatos aos jovens da atualidade. “Os jovens de hoje não têm noção do que ocorreu no Brasil e na América Latina nos últimos anos. Tivemos regimes militares truculentos em todo o Cone Sul e fomos cerceados de liberdade. As prisões ficaram abarrotadas, ocorreram torturas e assassinatos, não havia liberdade e tampouco democracia. Muitos foram exilados e banidos”, afirma a organização do seminário.

Além de resgatar os fatos históricos sobre o que ocorreu nos regimes ditatoriais de Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai, o evento tem também como objetivos criar o “Observatório da Democratização” do Cone Sul e publicar um pequeno livro sobre o seminário internacional, de cerca de 200 páginas, para ser enviado aos participantes do evento e distribuído nas escolas da região.

Resistência e democratização

Na abertura do evento, às 19h, será abordado o tema “A Luta de Resistência e a Democratização dos Países do Cone Sul”. Estão convidados como palestrantes José Pepe Mujica, presidente do Uruguai; o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; Fernando Lugo, presidente deposto do Paraguai; Andrés Pascal Allende, sobrinho do ex-presidente do Chile Salvador Allende; João Vicente Goulart, filho do ex-presidente João Goulart; e Criméia de Almeida, ex-guerrilheira do Araguaia, presa e torturada, mesmo com oito meses de gravidez. A mesa será coordenada pelos prefeitos Carlos Grana (Santo André) e Luiz Marinho (São Bernardo), ambos do PT.

Nos dias seguintes, os temas abordarão a Operação Condor e a participação dos Estados Unidos na instalação de ditaduras no continente; a repressão aos movimentos culturais e a censura; a utilização da Copa do Mundo pelos militares; o papel da sociedade civil, da igreja e dos movimentos sociais durante as ditaduras militares. Ao final do seminário, será realizada uma homenagem às mães dos militantes de esquerda (Mães Silenciadas) que resistiram à ditadura, com exposição de fotos, esta aberta a partir das 19h de 6 de maio no saguão do Teatro Municipal de Santo André.

Para ver a programação completa, os convidados e se inscrever para o evento, basta acessar o site http://www.ditadurasnoconesul.com.br.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: