Assinatura RSS

10º Concurso do Samba Enredo da escola de samba “Liberdade Ainda que Tan Tan”

Publicado em

10º Concurso do Samba Enredo da escola de samba “Liberdade Ainda que Tan Tan”

Fonte: blog 18 de Maio BH

Samba enredo que irá animar a manifestação político-cultural no Dia Nacional da Luta Antimanicomial, em Belo Horizonte, será eleito no próximo sábado (26).

Esquentando os tamborins para o Dia Nacional da Luta Antimanicomial – Dezoito de Maio de 2014, o Fórum Mineiro de Saúde Mental e Associação dos Usuários Associação dos Usuários dos Serviços de Saúde Mental de Minas Gerais (ASUSSAM) convidam para o 10º Concurso do Samba Enredo da escola de samba “Liberdade Ainda que Tan Tan”, no dia 26 de abril, a partir das 9h, no Parque Professor Guilherme Lage, em Belo Horizonte. O concurso faz parte das atividades preparatórias para o Dia Nacional da Luta Antimanicomial na capital mineira.

Além de eleger o samba enredo que irá animar a manifestação político-cultural desse ano, durante o concurso também serão eleitos o casal de mestre sala e porta bandeira, a rainha, princesa e princeso da bateria. A atividade tem contribuído para o envolvimento dos usuários, familiares e trabalhadores dos serviços substitutivos da rede de saúde mental com as pautas da luta antimanicomial. Assim como ampliado o diálogo com outros grupos, para além da rede, fazendo com que o debate sobre a Reforma Psiquiátrica circule em espaços diversos.

A comissão de jurados, que irá escolher um entre os nove sambas inscritos, é composta pelo artista Ed Marte, pela integrante da organização de mulheres Negras Ativas Vanessa Beco, pela psicóloga e representante do movimento antimanicomial de Minas Gerais Tulíola Lima, pelo ator Evandro Nunes e pela integrante do grupo Samba da Meia Noite Valéria Silva.

De forma lúdica, sensível e crítica, a escola “Liberdade Ainda que Tan Tan” é uma estratégia do movimento da luta antimanicomial de Minas Gerais, que há 18 anos sai pelas ruas de Belo Horizonte, provocando reflexões sobre o lugar social da loucura em seu encontro com a arte e o pensamento.

Dia Nacional da Luta Antimanicomial

No ano de 1987, durante o Encontro dos Trabalhadores da Saúde Mental, na cidade de Bauru-SP, o movimento da luta antimanicomial escolheu no calendário nacional uma data para reafirmar a luta “por uma sociedade sem manicômios”. Ficou estabelecido o 18 de maio como o Dia Nacional da Luta Antimanicomial.

Desde então, Belo Horizonte cumpre essa agenda, pautando a implantação da ousada política de saúde mental em rede, o que produziu as primeiras mudanças e evidenciou a viabilidade da proposta. Em 1996, aconteceu pela primeira vez na cidade a manifestação político-cultural no formato de carnaval e assim vem acontecendo até os dias de hoje.

Com o tema “A cidade que queremos: que seja feita a nossa vontade”, a manifestação antimanicomial deste ano acontecerá no dia 19 de maio, em Belo Horizonte. Espera-se a participação de aproximadamente 4 mil pessoas, entre trabalhadores, usuários e familiares dos serviços substitutivos em saúde mental, representantes de movimentos sociais, culturais e outras organizações da sociedade civil, vindos de mais de 20 municípios da Região Metropolitana da capital.

Serviço:

Dia: 26/04/2014

Horário: a partir das 9h

Local: Parque Prof. Guilherme Lages (R. Angola, nº 665, bairro São Paulo) – Belo Horizonte/MG

* Ônibus 4501/ 8501/ 8205/ 8207

Realização: Fórum Mineiro de Saúde Mental e ASUSSAM (Associação dos Usuários dos Serviços de Saúde Mental de Minas Gerais)

Postado por Paulo Azevedoàs 04:00

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: